Para aceder ao conteúdo da página, clique aqui.

Logotipo da Câmara Municipal de Loures

Notícias

Assembleia-geral da AMEAL

Assembleia-geral da AMEAL reuniu para aprovar plano de atividades
26.06.2020
 

Reuniao assembleia geral 2 2020

Conduzida por Bernardino Soares, presidente da assembleia-geral da Agência Municipal de Energia e Ambiente de Loures e também presidente da Câmara Municipal de Loures, a reunião teve na sua ordem de trabalhos cinco pontos, apreciados e votados nos termos propostos e aprovados pelo conselho de administração da AMEAL, na reunião realizada no passado dia 16 de junho.

No primeiro ponto da ordem – apreciação e votação do relatório de atividades de 2019 –, Paulo Piteira, presidente do conselho de administração da Agência Municipal e também vice-presidente da Autarquia, destacou que “este documento reflete a realidade daquilo que foi a atividade da Agência em 2019, no seu primeiro ano de lançamento. Embora com uma estrutura insuficiente perante os grandes desafios e a ambição daquilo que temos para fazer, conseguimos concretizar já um conjunto de atividades que demonstram a importância e a necessidade de existência de um organismo com as características da AMEAL”.

Do conjunto de projetos concretizados e convertidos, em alguns casos, em apresentação de candidaturas formais, em domínios muito variados como a eficiência energética em edifícios e a iluminação pública, o presidente do conselho de administração salientou que “estes vão conseguir captar um conjunto de fundos importantes para o desenvolvimento destas atividades e dar um contributo para um outro desafio com que estamos confrontados, que são as alterações climáticas”.

Intervenções em escolas, com melhores condições de aprendizagem e ensino, através da substituição de tecnologia obsoleta por tecnologia moderna, com vantagens que são inerentes em termos de redução de emissões de dióxido de carbono e de poupança ao nível da fatura energética; experiências piloto relacionadas com a iluminação pública, em particular no Parque Adão Barata, em Loures, onde se substituiu um conjunto de luminárias e criou condições para uma gestão inteligente dos fluxos luminosos e uma poupança significava ao nível da energia, e com a eficiência hídrica, com um projeto na Quinta Nova, em Sacavém, onde foi testado um sistema de rega inteligente, baseado em radiofrequência, com elevadas potencialidades associadas a uma melhor e mais racional utilização da água, foram alguns dos projetos desenvolvidos pela Agência Municipal de Energia e Ambiente de Loures no plano de atividades do ano transato. Ainda no decorrer de 2019, a Agência desenvolveu diversas ações de sensibilização e educação ambiental junto das escolas, Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) e das juntas de freguesia do concelho, que representaram um contributo para a divulgação da AMEAL. Este é um trabalho que é para continuar em 2020, abrangendo toda a sociedade.

Depois de um ano intenso de atividade, com resultados positivos, Paulo Piteira classificou este arranque como um ano de consolidação, primeiro junto das entidades públicas, em particular, das autarquias locais, para apresentação do papel e projeto da Agência, que teve como objetivo estabelecer mecanismos de prestação de serviços que permitiram dar sustentabilidade ao projeto. “Fez-se um trabalho de contacto com a realidade empresarial, com outros clientes institucionais, a fim de abrir a outros setores e ter um papel mais amplo na nossa atividade. Os desafios que nos são colocados para o futuro passam por um reforço da nossa presença junto dos setores empresarial e industrial”, sublinhou.

Da ordem de trabalhos fez ainda parte a apreciação e aprovação do relatório de contas de gerência de 2019.

Plano de atividades para o ano de 2020

Aprovados na primeira assembleia geral da AMEAL foram também o plano de atividades e o orçamento para o ano de 2020 em que, além de manter a continuidade dos contratos de prestação de serviços, se vai avançar com a concretização de um contrato de certificação de piscinas com a empresa municipal GesLoures e preparar outras ações destinadas aos associados da AMEAL, bem como ao tecido empresarial e industrial do concelho. O plano de atividades para este ano contempla três ideias: a realização de um encontro de boas práticas ambientais, a concretizar anualmente, com o objetivo de dar visibilidade pública aos projetos e concretizações das empresas existentes no concelho, com lugar à realização de um fórum de discussão sobre assuntos que mereçam reflexão e dos quais possam sair soluções, com a ajuda de técnicos e especialistas. Estes encontros podem ser completados, no futuro, com a constituição de um prémio de boas práticas ambientais, que pressupõe a realização, seleção e visibilidade de projetos.

A segunda ideia a destacar no plano de atividades é a concretização de um seminário técnico sobre as potencialidades e os constrangimentos do uso de gás nos veículos, com vista à criação de uma estratégia de utilização de gás natural na frota do Município. A terceira e última ideia a reter deste documento é a utilização dos painéis informativos instalados na frota da Rodoviária de Lisboa para divulgação da atividade da AMEAL, dando assim maior visibilidade ao seu trabalho.

O plano de atividades para 2020 contempla ainda um reforço na área dos recursos humanos, com a contratação de um novo técnico, estando a AMEAL em condições de formalizar a sua contratualização pelos seus próprios meios, bem como a proposta de participação da Agência no projeto europeu Aspire 2 Symbiosis, liderado pela Universidade de Bolonha, em Itália.

"Vivemos um momento de grande incerteza e, como tal, temos de encontrar formas de poder avançar com este plano de atividades ambicioso", concluiu Bernardino Soares.

Presentes na primeira assembleia-geral da AMEAL estiveram todos os associados e elementos que a compõem, o conselho de administração, bem como o conselho fiscal da Agência.



regressar à navegação principal da área (tecla de atalho: 1)